Tem algum assunto para compartilhar?

Deixe aqui aquele tópico que não se encaixa em nenhum outro lugar

Fala, jovem!

Que tal criar um tópico e contar o que você anda pensando sobre o universo do trabalho?


Antes, só uma coisa! Já leu o Manual do Jovem? Clica na lupinha pra ficar por dentro das regras da comunidade: :mag_right:
Se você já leu, já sabe que, por segurança, só membros criam tópicos na comunidade. Você ainda não é membro? Cadastre-se e aproveite a comunidade! Afinal, esse espaço é pra você.

Pronto? Partiu abrir uma conversa?

12 Likes

BLOQUEIOS

Então, estou aqui para falar de bloqueios. Será que alguém aí teve algum momento de bloqueio onde se viu com dificuldade de fazer coisas que aparentemente parecia bem simples em sua mente. Não falo só da procastinação de deixar algo pra depois mas algo realmente está complicado de se realizar.

Um exemplo bobo que tem me incomodado atualmente é o currículo. Preciso fazer isso muito mas já pesquisei diversos modelos diferentes, achei vários legais mas não consigo parar e fazer, mesmo sabendo que é muito importante mesmo que faça.

Fico pensando, tem ou já teve alguma coisa bloqueando vocês também? Algo que realmente seja importante para você mas mesmo assim esteja sendo difícil de fazer por conta de algum bloqueio? O que seria isso? Se já vivenciou isso, como fez para vencer isso?

21 Likes

Muito massa Felipe! Super entendo isso de bloqueios.

Aqui na Eureca eu passo por alguns bloqueios quase que toda a semana, somos uma empresa bem jovem então estamos revisando nossos processos internos com frequência e aqui cada um tem a liberdade para detectar dores e propor soluções. Vira e mexe eu to trabalhando em algo interno, alguma revisão e na hora que eu vou colocar a mão na massa para entender o que precisa ser feito, travo. E fico nisso por um tempão hahaha

Além disso, eu tive um bloquei muitooo grande quando comecei meu TCC, fiquei cerca de 1 ano com ele completamente parado.

Descobri (com ajuda de terapia hahaha) que eu tenho bastante dificuldade de tirar as coisas do papel, especialmente se é algo que vai influenciar só a mim (como o TCC). Ao mesmo tempo, eu gosto muito de fazer as coisas para os outros, ajudar o máximo possível.

Então uma tática que eu uso é tentar começar, e ir fazendo mesmo que seja pouco até que eu sinta que ficou legal e dai eu compartilho com alguém, peço feedbacks, dicas etc e a “validação” dessa outra pessoa acaba me motivando a continuar.

Pode ser uma dica legal você compartilhar um pouco o que ta pensando em escrever no seu currículo com alguém que você confia e ir recebendo os feedbacks e querendo continuar essa construção, faz sentido?

15 Likes

Ah, que massa a experiência de vocês!
Antes de entrar no estágio onde estou, eu tinha um bloqueio muito grande, que era de achar que não era bom suficiente em nada. As vezes a faculdade, o sistema de notas e avaliações te faz crer que não é bom o suficiente. Pirei nessa, hahahaha.
Veio o dia da tão sonhada vaga: em Tv é bem difícil ter uma oportunidade, eu sempre achei que não fosse conseguir, mas no dia da entrevista, tirei tudo isso de mim, tentei focar no que eu sei, e tentei ser eu mesmo, e deu certo!
O bloqueio muitas vezes nos tira uma oportunidade, ou mesmo uma escrita (como o Daniel com o TCC) que poderia ser nosso, uma coisa simples. Mas assim como o Dani (várias coisas em comum, hahaha que legal), com a terapia, isso me ajudou muito a confiar mais em mim, e tirar fora o bloqueio. Não tá 100% eficaz, mas poderia dizer que 89% ou 90%? Hahahaha O que me ajudou é eu quando tiver nessa, eu parar 2 min, respirar e falar comigo mesmo, entender a situação, e como posso resolver isso.

9 Likes

Nossa Felipe, eu já tive e tenho demais da conta.

Uma coisa que eu reparei em mim (não sei se se aplica pra você, mas acho massa compartilhar), é que quanto mais eu invisto energia pra descobrir o motivo que tá me causando o bloqueio, fica mais fácil de resolver. As vezes é procrastinação mesmo (rs, quem nunca?), as vezes é autossabotagem, as vezes é até receio de pedir ajuda pros outros e não saber como que isso pode ser visto (um pouquinho de medo de julgamento talvez). Mas é fato que sinto isso também :).

Eu percebi ao longo do tempo que quando ia me perguntando os porquês do que tava sentindo, ia entendendo mais a fundo a razão e conseguia resolver o bloqueio ‘‘pela raiz’’. Mas assim, falando agora é fácil compartilhar, mas quando a gente tá ali vivendo o processo de entender os motivos é doloroso as vezes :x, mas quando entendemos e conseguimos desbloquear, é uma ótima sensação.

7 Likes

Quem nunca passou por situações assim, que atire a primeira pedra hahaha ou conta o segredo!

As vezes me deparo com esse sentimento quando preciso fazer alguma entrega pela primeira vez, e não faço ideia de como colocar em prática… Inclusive nas primeiras edições do meu CV também passei por isso hehe e, já vou anotar as dicas para quando for fazer meu TCC hehe

Essa sensação de não saber por onde começar + nossa própria idealização de querer o perfeito + pressão externa/social que a mente cria… só aumentam o ‘medo’ da possibilidade de errar… de falhar… de não chegar lá… não atender as expectativas das outras pessoas…

…gatilho atrás de gatilho para nossa ansiedade… :astonished:

Acredito que o primeiro passo para lidar com essa ansiedade é o autoconhecimento… Entender o que causa esse ‘medo’… e a partir do momento que isso sair da região do inconsciente, fica mais fácil de trabalhar no paliativo hahaha

A famosa Inteligência Emocional…

Parece até um pouco clichê essa resposta haha mas só conseguimos ‘ter o controle’ do que estamos sentindo quando sabemos o que é… tornamos mensurável o que não podemos ver, apenas sentimos e pronto… Há quem diga que descrever a sensação em palavras escritas no papel ajuda a tirar parte do ‘peso emocional’… Ainda não testei hehe

Meditação ou como alguns acham mais descolado, mindfulness…"

No meu atual estágio estou tendo contato com a prática de mindfulness… a empresa oferece semanalmente, inclusive agora no período de trabalho remoto, virtualmente, online, mais vezes por semana.
A primeira vez que eu participei estava um pouco desconfiada, confesso que achei que acabaria pegando no sono (eu já estava um pouco cansada por não estar conseguindo dormir direito… insônia e tals…).
Pela minha surpresa, foi uma das melhores coisas que poderia ter me acontecido na semana! Os poucos 30 minutos tiraram meu cansaço mental… até dormi melhor depois haha a explicação por traz da prática: na meditação, uma das propostas é o controle da respiração, e o foco… no momento, no seu corpo… para tirar tudo da cabeça… você se acalma, e consegue relaxar… ficando com a cabeça leve… pronto para pensar em coisas que vão exigir um maior esforço intelectual (como por exemplo fazer o CV - premissa para conseguir um emprego… Ou o TCC - premissa para terminar a graduação).
Hoje em dia existem vários aplicativos e vídeos tutoriais, vale a pena conferir!!

Espero que o textão faça sentido hahaha tentei trazer um pouco do conteúdo que tive em uma live sobre ‘Resiliência e Compaixão’ que a empresa fez agora nesse cenário de trabalho remoto… :slight_smile:

11 Likes

Cara, pelo que vejo, bloqueio é um assunto comum com todo mundo aqui.
Já passei por várias experiências com bloqueio e não é fácil sair disso. Duraram um tempo e me sentia cada vez mais frustrado. Hoje eu faço um exercício de me concentrar e relembrar o que eu já sei e posso fazer, tirando o foco da frustração e do bloqueio em si. Muitas vezes a gente se força a fazer algo que não conseguimos, num determinado momento, e isso pode piorar a situação. Tratar com fluidez e calma, acredito que é o melhor caminho. Vou procurar algo pra ler e entender melhor como e porque isso ocorre com a gente e posso deixar os textos da pesquisa com o pessoal daqui, se quiserem.
E se houver algo que precise e eu possa ajudar, estou aqui.

9 Likes

Gostaria de expressar aqui minha gratidão a todos. Realmente me indentifiquei com suas histórias e posso dizer que fiquei feliz em saber como vocês tem feito para remediar isso. Ando percebendo que diversas coisas criam mini-bloqueios para coisas que me bloqueiam muito como o CV. Felizmente o tempo nos ajuda a superar certas coisas. Do dia que escrevi isso para hoje já consegui exportar um currículo do Linkedin que super serviu para o que precisava e me deu um respiro para fazer uma versão turbinada com mais calma. Já até penso em desenvolver um “site CV” para divulgar melhor a imagem.

Vou seguir conselhos dados por vocês também e investir um tempo em meditação, deixar as coisas fluirem mais, me perguntar sobre como estou me sentindo e usar isso para pensar em uma maneira de sair desta trava, e claro, tentar trocar com outras pessoas sobre esses meus desafios para que possa me colocar num ponto de fora e me motivar para resolver.

Grato demais por toda essa ajuda! :pray: :sunflower: :cherry_blossom:

9 Likes

Nossa, eu também estou passando po uma situação parecida! Uma sensação que não saio do lugar, que tudo que pego pra fazer eu nao consigo terminar… por exemplo, eu estou me preparando para fazer duas provas de concurso desde o final do ano passado, com uma rotina de estudos que estava dando super certo, mas com a pandemia, os concursos foram adiados (o que eu já esperava), mas essa incerteza da nova data das provas me fez perder minha rotina de estudos e minha motivação. Não consigo render, abro um documento pra ler e logo abro uma aba nova e faço TUDO, menos ler o documento, mas com um pensamento de “só fazer isso aqui que vou lá ler” e quando vejo o dia acabou!

Algo que está me ajudando a tentar retomar minha rotina de estudos e que talvez também funcione pra você, é estipular pequenas metas por dia, metas fáceis de serem cumpridas pra trazer uma sensação sucesso, o que me da energia pra continuar. Uma outra coisa que estou tentando fazer, é tentar aceitar minhas dificuldades, aceitar que não preciso ser super produtiva durante a pandemia e tudo mais.

Boa sorte com seu currículo!

7 Likes

Disse tudo, Bárbara!
As vezes nos predemos a padrões de performance, que as vezes nunca alcançamos ou alcançaríamos, e tornamos nossa rotina um ciclo de culpa e mal estar por não conseguir dá um check no final do dia. É uma ótima ideia quebrar esses grandes objetivos em atividades menores… com o tempo vamos amadurecendo a ideia e passamos a nos comprometer com atividades mais realistas, como a @juliaishimi disse “deixar mensurável”.

Tem um texto muito bom (compartilhado no time eureca) discutindo justamente sobre as motivações que nos levam a fazer escolhas boas ou ruins no dia-a-dia. Talvez valha a pena a leitura. :arrow_upper_right:
obs: é em inglês, mas funciona super com o tradutor.

Ótima reflexão, gente. :wink:

7 Likes

Exatamente isso!! Obrigada pela indicação do texto!

4 Likes

Valeu Felipe pelo Start… Depois manda o link do Site de CV. Boa sorte!

4 Likes

Obrigado Laura.

3 Likes

Vou compartilhar um assunto: Sobre as ditas profissões do futuro.
Estou na área da Educação Física há dez anos, atualmente linco a formação aos projetos comunitários em que participo. Mas com tanta inovação em profissões, tenho dúvidas em como expandir em alcance e versatilidade dos projetos sem perder a essência, uma vez que não sei por onde começar a direcionar! Ps. Por isso estou aqui…

4 Likes

Em relação ao Bloqueio, sofro com isso. Posso dizer que eu mesmo acabo me sabotando por criar pequenos bloqueios. O currículo é algo que me da Bug toda vez que preciso fazer.
Atualmente, o maior bloqueio que estou tendo é com um projeto de finanças que estou fazendo para um professor. Tenho que montar slides (aulas) de acordo com os vídeos, mas estou bem inseguro, toda vez que pego para fazer bate um medo de não sair bem feito, da forma que eu quero. Com isso o tempo vai passando e eu não acabo. :frowning:

5 Likes

Galera acredito que a maioria dos presentes devem está companhando as repercussões do Enem 2020. Acredito que ser um ser social é interagir com a sociedade e esse é um tema sensível a muitos jovens que sonham ingressar numa universidade .

Existem algumas campanhas de engajamento e pressionamento do MEC para que possa ser adiada sua aplicação, visando o não prejuízo dos jovens que nesse momento não se encontram em condições minímas para manter os estudos. Uma dessas medidas é a repercussão da #ADIAENEM, como me posiciono a favor do adiamento, tenho divulgado essa ideia,

Mais e aí me contem o que vcs pesam sobre esse tema ?

10 Likes

Acredito que essa é uma inquietação de muitas áreas de atuação Dani. Acho que a chave ta no equilíbrio, entre atualizar-se para não ficar defasado em relações as demandas sociais e o diferencial que lhe tornará único. A cereja do bolo acho eu , que seja amar o que faz !!

4 Likes

Muito obrigado Sandy. Sempre bom esses feeds. Tmj

4 Likes

Oi Sandy. Sou totalmente a favor do #ADIAENEM. Essa parte de que alguns alunos têm a oportunidade de ter aula online e outros não têm nem acesso a Internet para estudar é bastante injusta. Acho que esse ano vai ser basicamente um ano perdido para quem estuda em escola. A oportunidade deve ser igual para todo mundo.

5 Likes

Acho que esse é um dos maiores desafios que eu vivo, por que um designer precisa se expor, através de um Portfolio bem desenvolvido, e esse desafio, não é apenas uma exposição, é que, pelo menos comigo, eu sou quem mais cobra de mim mesmo, pra ser fiel aos processos dos trabalhos, e não ter uma auto aprovação do seu próprio trabalho, gera esse bloqueio, que leva ao medo de se expor, e do fracasso. Muitos dos meus professores da faculdade falam que esses riscos são necessários, e que é assim que nós podemos crescer, e eles mesmos são exemplos disso em diversas situações de “cases” que não deram certo.
Acho que um dos grandes segredos para vencer isso, é procurar apoio de quem te inspira e tá disposto a te ver crescer… eu pelo menos encontro força e coragem nesses meus professores, que hoje são mais que amigos.

4 Likes